Nicoletti – 1717

Deputado federal - PSL - RR

BIOGRAFIA

Antônio Carlos Nicoletti, nascido no ano de 1981 em Ijuí-Rs, tem 37 anos de idade, é casado com a senhora Clarissa e tem dois filhos nascidos em Boa Vista-RR. Formado técnico-mecânico aos 17 anos passou sua juventude trabalhando com seu pai em uma oficina mecânica. Realizou o concurso da Escola de Sargentos do Exército Brasileiro (EsSA) aos 18 anos de idade sendo aprovado em 2001, e ao término do curso de formação foi promovido ao cargo de 3° Sargento de Artilharia na cidade de Três Corações – MG. Foi transferido para a cidade de Boa Vista-RR em dezembro de 2001, tendo sido lotado no 10° Grupo de Artilharia de Campanha de Selva (10º GAC Sl). Passou 14 anos de sua vida na carreira militar defendendo nossas fronteiras e, acima de tudo, aprendendo e adquirindo os valores militares de lealdade, disciplina, honestidade e comprometimento.

Nicoletti também se graduou em direito pela Universidade Federal de Roraima (UFRR) em 2011, e no ano de 2014 foi aprovado no concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF), assumido, no ano seguinte, o cargo de Policial Rodoviário Federal. Desempenhou a função de Presidente do Sindicato da PRF em Roraima e Coordenador de esportes da FENAPRF com muitas conquistas para sua categoria e demais trabalhadores da sociedade.

Nicoletti se apresenta agora como candidato ao cargo de DEPUTADO FEDERAL pelo partido PSL (JAIR BOLSONARO) para renovar o jeito de fazer política no estado de Roraima, combatendo principalmente a corrupção e o descaso com o povo Roraimense.

PRINCIPAIS PROJETOS

Propostas

Combate à corrupção

– Adotar medidas rigorosas de combate à Corrupção, através de uma reformulação do Código Penal e Processual Penal.

– Fiscalizar os atos do Governo Federal com foco na prevenção e repressão da corrupção.

– Acabar com o Foro Privilegiado dos Políticos e Autoridades Judiciárias.

Segurança

– Implementação do adicional noturno, periculosidade, garantia da aposentadoria especial e demais benefícios aos Policiais integrantes da segurança pública.

– Lei de Imigração com critérios mais rígidos.

– Valorização das instituições de segurança pública com disponibilização de mais armamentos, aumento do efetivo e valorização salarial do profissional.

– Desburocratização do processo de registro de armas para a população civil e retirada do fator subjetivo (necessidade do porte de arma) do processo de solicitação do porte de arma junto à Polícia Federal.

– Política de direitos humanos voltadas para os policiais e às vítimas dos criminosos.

– Criação de assessorias jurídicas gratuitas voltadas para a defesa do Policial em atos ocorridos em serviço ou folga, quando em defesa da sociedade.

Forças Armadas

– Criação de cooperativas e associações aos ex-militares para garantir a inclusão desses guerreiros no mercado de trabalho através de parcerias com o setor privado.

– Criar através lei federal tabelas de pontuações adicionais em concursos públicos para militares e ex-militares.

– Plano de carreira para militares temporários (concursos internos).

– Criação de mais colégios militares nos municípios, acessíveis a toda população.

– Criação de mais hospitais militares nas guarnições.

– Valorização dos militares de carreira com equiparação salarial ao judiciário nos diversos níveis.

– Construção de uma maior quantidade de PNR’s (Próprios Nacionais Residenciais) nas guarnições.

Legislação Penal

– Diminuição da maioridade penal para 16 anos de idade.

– Fim do foro privilegiado para todos os ocupantes de cargos públicos e políticos.

– Eliminação dos indultos e progressões de penas a condenados.

– Regulamentação da legítima defesa abrangendo policiais e população em geral (Excludente de Ilicitude).

– Trabalho voluntário do preso dentro ou fora do sistema prisional para custear suas próprias despesas de manutenção carcerária.

– Auxílio reclusão revertido às vítimas do condenado.

Economia/Meio Ambiente

– Legalização do serviço de garimpo com a regulamentação dos procedimentos e licenças ambientais necessárias, para que ele passe a gerar riquezas, de forma legal, para o nosso Estado.

– Redução da área territorial indígena demarcada nos casos de comprovação de não utilização pela comunidade indígena.

– Inclusão do Estado de Roraima no Sistema de Energia Elétrica Nacional.

– Desburocratização na emissão das licenças ambientais aos produtores rurais e regularização fundiária com título definitivo para terem acesso a incentivo financeiro e demais benefícios.

Saúde

– Valorização dos profissionais com ênfase na elaboração de uma legislação para cada área de atuação dispondo sobre plano de carreiras, salários, adicionais e exigências sobre as condições de trabalho.

– Implementação de unidades de tratamento do câncer infantil nos Estados que não possuem.

– Regulamentação do serviço de Médico e Enfermeiro do Lar para atendimentos à população que realmente necessite.

Educação

– Valorização dos profissionais regulamentando a necessidade de qualificação custeada pelo órgão municipal, estadual ou federal durante a carreira de professor.

– Inserção das disciplinas de educação no trânsito e moral e cívica como obrigatórias na grade curricular desde o ensino fundamental.

– Regulamentação da necessidade de toda escola possuir profissionais qualificados para assistir alunos com deficiências.

– Realização de concursos públicos para efetivação de professores no sistema de ensino do Estado.

CANDIDATOS

Filtre os candidatos por estado e/ou pelo cargo: